GRAVEL Zone Brasil / Entrevista - Luiz Kuhlmann conta tudo sobre a Cadence Bike, a sensação do Shimano Fest 2019

Uma entrevista especial com o sócio e projetista da mais nova e promissora marca nacional.

Conversando com dos mentores da Cadence Bike

Na recém terminada edição do Shimano Fest, uma nova marca foi talvez o assunto mais comentado, a Cadence Bike, que chega ao mercado impulsionada pelas ideias inovadoras dos seus sócios e modelos de bicicletas que chamaram a atenção de todos, inclusive uma fantástica Gravel Bike com quadro em titânio.

O já famoso Luiz Kuhlmann, sócio e projetista da Cadence, concedeu uma entrevista exclusiva ao GRAVEL Zone Brasil, onde conta como tudo começou, fala sobre o modelo de negócios inovador que estão implementando e, claro, as bikes que vem por aí.

Bicicleta Cadence Bike Titanium Gravel
A Titanium Gravel da Cadence: projeto brasileiro para um modelo de alto desempenho - Foto: Cadence Bike


GRAVEL Zone Brasil: Você é um profissional que coleciona, ao largo de décadas de trabalho árduo, vários sucessos emblemáticos na carreira, como conceber a lendária Alfameq Ghibli ou mais recentemente criar, a partir do zero, uma vasta linha de alta performance para Audax Bikes, mencionando apenas dois dos seus trabalhos de maior visibilidade. Agora apresentou a Cadence Bike, então queremos saber como nasceu o projeto? Cabe mencionar que, na opinião do GRAVEL Zone Brasil, o pontapé inicial foi bem dado com a escolha extremamente feliz do nome da marca.



Luiz Kuhlmann: Quando me desliguei da Audax, eu não tinha um plano traçado. Sempre tive vontade de lançar minha própria marca e então comecei a desenvolver algumas ideias, mas novas propostas de trabalho vieram rápido e logo me juntei à EDG, onde estou cuidando de viabilizar a produção em escala de uma e-bike fabricada em tubos de aço nióbio.

Bicicleta Alfameq Ghibli
Alfameq Ghibli: modelo icônico concebido por Luiz Kuhlmann - Foto: Arquivo Pessoal

A EDG me dá liberdade de desenvolver outros projetos, então, por intermédio de um amigo, conheci o Fabricio Fernandes, que além de já fabricar quadros em alumínio com a marca Show, me falou da vontade dele em ter uma marca de bicicletas de alta qualidade e performance, queria que eu desenvolvesse alguns projetos para ele. O nome Cadence já estava sendo registrado por ele e o protótipo de uma XCO full suspension em carbono também estava rodando pelas mãos do próprio Fabricio que é atleta amador de MTB (Luiz também é ciclista de longa data).

Os ciclistas Luiz Kuhlmann e Fabrício Fernandes
Sócios na Cadence, Luiz Kuhlmann e Fabricio Fernandes pedalam sério - Fotos: Arquivo Pessoal

Como vi que tínhamos muitas ideias em comum, eu propus a ele juntarmos forças e, ao invés de desperdiçar energia desenvolvendo as minhas bikes e as dele, nos tornamos sócios na Cadence.

A proposta da Cadence é oferecer produtos que podem ser 100% customizados pelo cliente e, no caso dos modelos em titânio ou aço, até a geometria dos quadros pode ser modificada para atender às necessidades do atleta.

Stand da Cadence Bike no Shimano Fest 2019
Os sócios no stand da Cadence Bike durante o Shimano Fest 2019 - Foto: Arquivo Pessoal

Essa proposta vem de minha própria experiência como consumidor, pois eu NUNCA consegui comprar uma bike e ficar satisfeito com ela antes de fazer modificações (nós também), às vezes bem caras.


GRAVEL Zone Brasil: Num mercado tão concorrido, dominado por grandes e consolidadas marcas, a primeira aparição oficial da Candence Bike atraiu todos os holofotes na edição de 2019 do Shimano Fest. Quais são os diferenciais competitivos da recém lançada marca e as expectativas da empresa a curto e médio prazo?

Luiz Kuhlmann: A Cadence está nascendo bem pequena e, por isso, não temos capital para competir com as marcas consolidadas e com maior escala. Então, no inicio vamos oferecer apenas bikes com quadros em carbono, titânio e aço. Todas as bicicletas da Cadence terão uma ampla gama de opções de componentes (marcas e modelos) para que o cliente configure a sua bike perfeita. Esse é nosso maior diferencial e que já pode ser “percebido” pelo consumidor neste início.

Luiz Kuhlmann trabalhando na China
Luiz Kuhlmann em "ação" na China - Foto: Arquivo Pessoal

Com o começo das vendas, outros diferenciais vão surgir e posso garantir que o cliente Cadence vai fazer parte de uma grande família.


GRAVEL Zone Brasil: Vocês apresentaram 4 modelos no Shimano Fest, poderia falar um pouco sobre cada um, com ênfase na espetacular Gravel Bike em titânio que literalmente brilhava no stand?

Luiz Kuhlmann: No Shimano Fest apresentamos a nossa hardtail em carbono, a Titanium Gravel na “polêmica” versão com garfo dianteiro FOX AX e uma Balance Bike toda em carbono. Havia um quarto modelo, a Carbon Gravel, que estava solto no estande e disponível para quem quisesse dar uma voltinha.

Bicicleta infantil do tipo balance da Cadence Bike
Uma Balance Bike que é um luxo! - Foto: Cadence Bike

Como a Cadence nasce com a proposta de ser uma marca versátil, apresentar uma Gravel em titânio com projeto brasileiro é uma maneira marcante de afirmar isso.

Bicicleta Titanium Gravel da Cadence Bike
A Titanium Gravel da Cadence Bike no Shimano Fest - Foto: Cadence Bike

Até mesmo o fato dela estar equipada com o garfo FOX AX foi para comprovar que, não dá para contentar a todos e que, pelo fato da nossa Titanium Gravel, bem como a futura CrMo Gravel serem 100% customizáveis, a chance de satisfazer a um número maior de consumidores é bem maior. O cliente pode encomendar elas com a suspensão dianteira FOX AX ou garfo de carbono ou ainda garfo de alumínio, bem como garfo de titânio. Com furação para para-lamas, bagageiro, furação para 2, 3 ou 4 suportes de caramanhola, cabos e conduítes internos ou externos, etc, etc. Além, é claro, de todas as outras opções que vamos oferecer em termos de componentes para que a configuração esteja conforme o cliente deseja. Será muito difícil encontrar duas Cadence iguais.

Transmissão Shimano GRX na bicicleta Titanium Gravel da Cadence Bike
A Gravel da Cadence mostrada no Shimano Fest já ostentava o novíssimo grupo Shimano GRX - Foto: Cadence Bike

Desde o inicio de 2017 eu estava testando configurações para uma gravel e você pode ver o resultado na linha recém lançada pela Audax.

Eu rodei com modelos em carbono, aço e alumínio, com transmissão 1X, 2X, rodas 700C e 27.5, garfos de carbono, aço, alumínio e com o FOX AX, mesa fixa e ShockStop. Desenvolvi os quadros em alumínio e carbono.

Gostei tanto da Gravel que praticamente abandonei a minha road bike... 😊 (com a gente foi a mesma coisa) 

Luiz Kuhlmann desenvolvendo protótipos da Cadence Bike
Luiz Kuhlmann trabalhando no desenvolvimento dos protótipos da Cadence - Foto: Arquivo Pessoal

Então, quando voltei para São Paulo e marquei minha primeira viagem do ano para a China, eu rabisquei a geometria e a passagem de cabos e conduítes da gravel em titânio e ia encomendar uma para mim. Esse quadro foi desenhado para garfo de carbono, mas, quando eu e o Fabricio decidimos nos unir e lançar o desafio de apresentar a marca Cadence no Shimano Fest, resolvemos “causar” modificando o desenho do quadro para o FOX AX, sem alterar o standover dele. Os quadros apresentados são bem limpos, não tem pontos para bagageiro ou para-lamas, pois eu ia utilizar bolsas de bikepacking para o caso de viajar e ter espaço para combinação de rodas/pneus 700X40C ou 27.5X2.1”.


GRAVEL Zone Brasil: Além das bikes mostradas no evento da Shimano há poucos dias, poderiam adiantar um pouco do que vem por aí?


Luiz Kuhlmann: Na linha de carbono, além da hardtail, e da Gravel, teremos uma full suspension.

Na Semana do Shimano Fest, o Gustavo Jorge disputou o Campeonato Mundial Masters de XCO com um protótipo da full. Desse protótipo vamos aproveitar apenas o desenho e cinemática do triangulo traseiro e a frente será totalmente modificada.

Bicicleta Full Suspension da Cadence Bike
Gustavo Jorge no Mundial Masters com a full da Cadence Bike - Foto: Arquivo Pessoal

Os dois quadros de MTB são projetos desenvolvidos pela italiana Olympia. No futuro desenvolveremos quadros próprios.

Na linha de titânio, além da Gravel teremos uma road com freios a disco e uma MTB hardtail. Vamos trabalhar em uma softail (full suspension sem pivôs).

Na linha de aço CrMo teremos uma Gravel e uma MTB hardtail.

Conforme formos evoluindo, vamos colocar em linha bikes com quadro em alumínio.


GRAVEL Zone Brasil: Que caminho os leitores do GRAVEL Zone Brasil interessados em adquirir uma Cadence devem tomar?

Luiz Kuhlmann: A linha de carbono depende da chegada do primeiro pedido, que estamos fechando agora com os fornecedores.

Tanto a Titanium Gravel como a Steel Gravel são fabricadas sob encomendada. O configurador do nosso site ainda não está no ar, mas para essas bikes já estamos recebendo pedidos e cotando as configurações conforme o cliente solicita.

Na página inicial do nosso site www.cadencebike.com.br o leitor pode preencher um formulário simples e nos enviar uma mensagem. Eu ou o Fabricio faremos o contato com ele.

Nos seguindo nas redes sociais, os leitores do GRAVEL Zone Brasil receberão informações e atualizações.

Instagram: @cadencebikes

Facebook: Cadence Bike

Keep Gravel Riding!

Comentários

  1. Parabéns com certeza já é um grande sucesso acho show poder configurar a bike e assim invés de mexer após a comprar ela já vem do seu jeito.nota mil . Um dia ei de comprar uma gravel vejo algumas nas ruas quando andamos a noite com o grupo e falam do conforto pois buraco e ruas ruins é o que mais tem em São Paulo. Parabéns .

    ResponderExcluir
  2. É isso aí Marcelo, quando as ideias são boas, temos que aplaudir.

    Abs

    ResponderExcluir
  3. Sensacional. Parrabéns e muito sucesso, logo vou pensar numa configuração de bike. Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Ja esta fabricando Tem site para fazer pedido e customizacao com previsao de preço

    ResponderExcluir
  5. A Cadence vai dar inicio à produção e venda das bikes de carbono em Junho deste ano. O website para fazer configuração e pedidos estará no ar assim que o primeiro lote de quadros e peças for recebido na fábrica.
    Já estamos aceitando pedidos da Gravel Titanium que é 100% customizada para o cliente.

    Att.

    Luiz Kuhlmann
    Cadence Bikes

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

GRAVEL Zone Brasil / Depoimento - Qual é o melhor tipo de sapatilhas para o Ciclismo Gravel?

GRAVEL Zone Brasil / Bike Hack - Experimentando e desafiando o que dizem (ou não dizem) as grandes marcas de componentes de bicicletas